fbpx
Damas e Pajens

Pajens e daminhas precisam de treinamento?

Treinar pajens e daminhas é uma necessidade, uma opção ou algo dispensável? Descubra já!

Nós adultos estamos tão cientes do que é um casamento e de tudo o que acontece no que, para nós é um ritual que já vimos várias vezes, que nem sempre percebemos que as crianças — incluindo pajens e daminhas — podem não ter ideia do que irá acontecer nesse dia. Nunca tinha pensado nisso?

Pois se em seu casamento você terá a presença desses pequenos para trazer a graça que apenas uma criança consegue proporcionar a um casamento está na hora de se fazer essa pergunta: pajens e daminhas precisam de treinamento?

E a resposta é: muito provavelmente, e disso também depende da idade das crianças, delas já terem sido daminhas de honra e pajens em outro casamento e da função que terão em seu casamento.

Imagem: Pinterest

Sim, treine os pajens e daminhas

Já que se trata de uma cerimônia em que todos, até mesmo a noiva, ficam (muito) nervosos, o ideal é fazer um treinamento, ainda que seja simples e rápido. E você nem precisa marcar com os pais um dia especial para isso — o que pode estressar as crianças e seus pais também. Ou seja pajens e daminhas podem ser treinados no dia do casamento mesmo.

O treino pode ser feito cerca de 40 a 60 minutos antes do casório começar. E é óbvio, que quem fará esse treinamento não será a noiva — que estará ocupada se arrumando — e sim uma outra pessoa previamente designada para isso.

Convém aconselhar os pais dos pajens e daminhas que cheguem cedo, para que o ensaio possa ser realizado com calma e com a ajuda da cerimonialista.

E aqui vai uma dica crucial para evitar que a criança chore no caminho para o altar: deixe a mãe dela posicionada na parte frente e peça para que ela chame a criança até ela. Assim, os pequenos podem se sentir seguros para fazer o percurso (que “ao vivo” é mais longo do que parece) com sucesso.

Imagem: Pinterest

Hum… Quem vai ficar com as crianças até a hora da entrada?

Ah! Essa resposta até que é fácil. Se o noivo está andando pra lá e pra cá sem saber bem o que fazer, se a noiva está se embelezando, se os pais de ambos estão quase tão nervosos quanto seus filhos e se os padrinhos também estão ansiosos com as suas respectivas entradas, restam as opções óbvias: os pais dos pajens e daminhas ou a cerimonialista — mas esta pode estar atarefada com outros afazeres do casamento.

Se os pais forem os padrinhos ou, por uma razão qualquer não puderem ficar com as crianças, peça para uma tia, um parente ou amigo de sua extrema confiança (e que seja uma pessoa paciente e acostumada a lidar com crianças) para essa incumbência. Lembre-se de que, além de cuidar da segurança dos pequenos, essa pessoa terá que garantir que eles mantenham suas roupas limpas e os cabelos penteados. Por isso, nada de deixá-los rolar no chão ou correr para lá e para cá.

Por tudo isso que foi visto o melhor é que você escolha pajens e daminhas que você tenha alguma intimidade com os pais. Isso porque, com eles, você terá liberdade de explicar sobre os horários, as roupas e os ensaios. Além disso, lembre-se de que quanto menor for a criança, mais chance haverá de acontecer alguma intercorrência.

Imagem: Pinterest

Por fim, uma última dica: se algo der errado e a criança não entrar, ela já terá sido vista e super admirada (e ter as bochechas apertadas) por todos. E esteja certa, tudo será lindo de qualquer forma, afinal essas crianças já serão uma fofura apenas por estarem no casamento. Apenas relaxe!

Agora que você já está bem informada para decidir se pajens e daminhas precisam de treinamento, confira ideias fofas para a entrada de pajens e daminhas.

GUIA PARA
NOIVAS SEM TEMPO
O “GUIA PARA NOIVAS SEM TEMPO” irá ajudá-la, de um modo muito fácil, a planejar sua festa de casamento durante o horário de trabalho sem perder em produtividade e, o mais importante, sem perder o emprego!
Promoção Salve a Noiva e JPlay