Planejamento

Como ter um casamento eco friendly

Hoje em dia a procura por refeições vegetarianas e glúten free vem aumentando e isso consequentemente acaba chegando aos casamentos. Por mais que o acesso a esses serviços esteja mais fácil, ainda existem casais enfrentam dificuldades em encontrar fornecedores que façam eventos assim, principalmente no cardápio da festa.

Infelizmente ainda existe o risco de alguns fornecedores dizerem que utilizam produtos glúten free, sem lactose, mas que mentem para conseguir clientes, não imaginando que isso não é frescura e pode ser uma alergia alimentar.

Um casamento eco friendly de verdade precisa ter um cardápio especifico, impressões em papel reciclável e os trajes e acessórios dos noivos feitos com materiais que não prejudiquem os animais ou são recicláveis.

Cardápio

Para casais vegetarianos o cardápio da festa é o principal. Por mais natural, gostoso e saudável que seja, encontrar empresas que preparem cardápios sem nenhum ingrediente de origem animal e ainda façam com criatividade e qualidade é difícil!

Quando conversar com um fornecedor verifique se ele é experiente em refeições vegetarianas e se estão dispostos a atender todas as suas necessidades, já que existem diferentes tipos de vegetariano. Se você for fazer tudo escolha fornecedores locais.

É mais fácil encontrar buffets quando o vegetariano não é extremo, dai encontramos muitas opções de cardápios com massas e peixes.

Decoração

Escolha um local bonito para casar, algo no campo e ao ar livre, assim você aproveita a beleza natural do espaço diminuindo gastos em decoração. Utilize tecidos de fibras naturais e materiais recicláveis ou de vidro que pode ser reutilizados; evite o plástico.

Os arranjos podem ser feitos em garrafas ou em vasos com flores plantadas ao invés de cortadas.

Dia da noiva

Alguns cosméticos podem ter substâncias derivadas de animais ou podem ter sido testadas neles. Em listas na internet, como o PEA, encontramos as empresas que não testam seus produtos em animais. É importante conversar com seu maquiador previamente para avisar da sua decisão, e assim decidir os produtos que serão usados no dia da festa.

Esta noiva usou maquiagem animal free

Vestido de noiva

O problema do vestido da noiva é a seda. Ela é produzida com larva cozida que são os filhotes da mariposa. Segundo o PETA, são necessárias 1.500 larvas para produzir 100 g de fio de seda. Ou seja, isso não combina com quem quer um casamento vegano.

Para os noivos o terno deve ser a base de linho, algodão, poliéster ou tecidos que não são misturados com lã.

Nos sapatos evite couro, camurça e seda!

Este casal fez um casamento 100% vegano. Reparem no vestido da noiva que lindo!

Buquê

Muitos floristas amarram o buquê e outros acessórios da decoração com fita de seda, por isso não se esqueça de pedir para usar outro material. 

Impressos

Os convites, cardápios e outros itens devem ser impressos em papel reciclável. O envelope do convite do meu casamento foi feito assim, não sou vegetariana mas achei mais bonito e ainda paguei mais barato.

Muitos casais com consciência, especialmente aqueles que já têm suas casas prontas, optam por receber doações para alguma instituição de caridade ao invés de receber presentes. Essa é uma forma de você colaborar e ainda incentivar outras pessoas a ajudarem.

E para tudo terminar bem não se esqueça de fazer a separação do lixo em orgânicos e recicláveis para sim seu evento ser 100%

Fornecedores

Chubby Vegan – SP

Shanti Vegetariano – SP

Flor de Laranjeira

Flor do Cacau – SP

Cake Vegan Cake – RJ

Sóbria Mesa – MG

Duo Gastronomia e eventos – BA

Papel e Estilo – SP

Atelier Renata Buzzo

Killa sapatos em couro sintético – SP

Fonte: Revista Vegetarianos

Junte-se ao
Uma vez por semana lhe enviaremos nossa seleção de insights, tendências e tudo o que você precisa saber para que o grande dia seja inesquecível!
GUIA PARA
NOIVAS SEM TEMPO
O “GUIA PARA NOIVAS SEM TEMPO” irá ajudá-la, de um modo muito fácil, a planejar sua festa de casamento durante o horário de trabalho sem perder em produtividade e, o mais importante, sem perder o emprego!